Um homem de 37 anos, que foi preso por porte ilegal de arma e tentativas de roubo e homicídio, foi solto cerca de 24 horas depois, pela 3ª Vara de Campo Verde (130 km de Cuiabá).

O acusado foi preso em flagrante pelo cabo da Polícia Militar Rafael Santos, que, de folga, presenciou quando ele apontava uma arma contra uma mulher, no intuito de assaltá-la. O caso aconteceu no Bairro Jupiara, onde também mora o acusado.

Preso, o homem passou por audiência de custódia no dia seguinte e foi colocado em liberdade. Para isso, precisou pagar fiança de R$ 499, equivalente a meio salário mínimo, e se comprometer a comparecer nas audiências, não frequentar bares, pontos de vendas de drogas e nem fazer uso de entorpecentes. Ele também deverá manter seu endereço atualizado.

O crime aconteceu na madrugada quinta-feira (21), próximo à casa do policial militar.

Segundo OLIVRE publicou, quando 0 PM  percebeu o crime,  abordou o acusado, que chegou a atirar em sua direção. Por sorte, o militar não foi atingido. O PM revidou os tiros e chamou reforços, mas o assaltante fugiu.

Com autorização da mulher do suspeito, militares entraram na casa dele e encontraram duas armas: uma garrucha calibre 22 e uma espingarda calibre 32.

Em seguida, o homem se entregou e acabou preso. A mulher, vítima da tentativa de roubo, não foi encontrada para prestar queixa, já que fugiu durante a troca de tiros.

 

Redação cuiabahoje

Foto; PM