Informações extraoficiais de um possível fechamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Cáceres levaram o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) a defender o papel da Unidade Avançada no município.

Após oficiar a situação, o parlamentar esteve na sede do órgão em Brasília, nesta quarta-feira (27.11), e recebeu a notícia de que Cáceres não será prejudicada pela reestruturação nacional do órgão, que inclui o fechamento de unidades em todo o país.

“No primeiro semestre, tivemos uma forte atuação junto a outras lideranças políticas que impediu o fechamento da unidade de Rondonópolis. Estou ao lado dos municípios, sou um parceiro em Brasília em busca de investimentos e melhorias nas estruturas que já existem. Fico satisfeito de poder levar a informação à população de Cáceres de que o Incra será mantido”, afirmou Dr. Leonardo.

O superintendente do Incra-MT, Ivanildo Teixeira Thomaz, destacou a importância estratégica da “Princesinha do Paraguai” para as ações do Instituto.

“O deputado nos apresentou a preocupação. Informamos que Cáceres é muito importante para nós, principalmente porque está situada na região de fronteira. Gostaríamos que a unidade fosse reestruturada para que a gente possa beneficiar os trabalhos na região dos assentados”, afirmou.

Em comunicado oficial de julho deste ano, várias Unidades Avançadas em todo o país foram fechadas com a justificativa de equilibrar as contas, já que um decreto do governo federal solicitou redução nos custos dos servidores comissionados do órgão. Desde então, o deputado Dr. Leonardo tem atuado para impedir que Mato Grosso seja afetado negativamente com o novo planejamento.

 

Por: Jardel P. Arruda