Orgulhosa por ter plantado sua primeira árvore, a pequena Laiany Pérola Beatriz Ormond, de 9 anos, aluna do 4º ano da Escola Municipal de Educação Básica 12 de Outubro, diz ter ficado feliz e até emocionada por ter colocado as mãos na terra e plantado uma nova muda no terreno da escola, nesta sexta-feira (22 de março), numa ação do Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam). A iniciativa integra as ações do projeto Verde Novo e marca a comemoração do Dia Mundial da Água, celebrado hoje.

“Fiquei muito feliz. Gostei de plantar a árvore com as minhas duas melhores amigas. Fiquei emocionada, muito alegre, agora ‘tô’ feliz. Depois a árvore vai crescer, dar frutos e sombra. Vamos ter mais árvores aqui na nossa escola. Também vou levar uma muda de amora pra minha vó de presente, porque ela gosta muito de plantas. Lá em casa já tenho duas árvores, tem dois pés de laranja”, contou a menina, que agora poderá acompanhar de perto o crescimento da planta ao longo dos anos.

A escolha da EMEB 12 de Outubro para sediar a comemoração alusiva ao Dia Mundial da Água não foi aleatória. É ali que se encontra uma nascente que brota dentro das dependências da escola, que tem sido alvo de monitoramento pelo projeto Água para o Futuro, do Ministério Público Estadual. Hoje, além do plantio, o Juvam distribuiu 300 mudas de árvores para as crianças e seus pais levarem para casa. Estavam disponíveis mudas de acerola, ipê branco, rosa e roxo, amora, ipê de jardim, goiaba, ata, pitanga e jabuticaba.

“As crianças são multiplicadoras de conhecimento. O adulto também tem a capacidade de assimilar isso e fazer a diferença, mas é muito mais fácil quando a gente trabalha isso diretamente com as crianças, porque elas já crescem com uma cultura diferenciada. Essa é uma das escolas que a gente escolheu porque ela tem uma nascente que fica dentro do espaço escolar. Essa nascente está em processo de recuperação e hoje está sendo feita uma ação em conjunto entre o Verde Novo e o Água para o Futuro”, explicou o assessor de gabinete do Juvam, Sérgio Savioli Resende.

Os alunos também tiveram a oportunidade de participar de uma oficina de plantio e assistir a uma palestra sobre a importância das nascentes e da arborização urbana. “A gente sabe que as árvores são responsáveis pela captação de água e manutenção dos lençóis freáticos, além de, obviamente, conter a erosão e a assoreamento dos rios causados muitas vezes pela falta de cobertura vegetal próxima aos leitos. Trouxemos 300 mudas, praticamente a capacidade de alunos que temos na escola, e os pais, na hora que vieram buscar seus filhos, poderão retirar a muda, levar para casa e as crianças vão ajudar os pais a fazer o plantio em casa. Tem muda para plantar na calçada, no quintal, frutífera, arbórea, enfim, a palavra de ordem hoje é conscientizar e fazer a diferença”, enfatizou Sérgio.

Para a diretora da EMEB 12 de Outubro, Maria Georgina Souza, trazer esse evento para a unidade escolar no Dia Mundial das Águas é bastante salutar. “Esse evento é fundamental para as crianças, para a família delas e para nós. Permite que a comunidade conheça um pouco do nosso trabalho. Além disso, todo esse processo de plantio e cuidados com as árvores é bem significativo”, assinalou.

Também presente ao evento, o superintendente do Instituto Ação Verde, Vicente Falcão, ressaltou a parceria com o Judiciário para a execução do Verde Novo. “O instituto é o braço da sociedade civil dentro desse projeto. É o espírito da governança, e a governança traz essa transparência para todo o processo. Hoje o poder público municipal não aguenta a demanda de todos os anseios populacionais, e é onde entra o terceiro setor, em parceria com os órgãos de governo, neste caso com o Tribunal de Justiça e a Prefeitura no que tange à arborização urbana, que é muito importante”, finalizou.

Segundo o engenheiro florestal do Juvam, Marcelo de Figueiredo Pissurno Motta Pinto, que acompanhou as ações de hoje, por meio do projeto Verde Novo já foram distribuídas e/ou plantadas mais de 32 mil mudas na Capital. “Amanhã vamos iniciar o plantio de ipês no Parque da Família e semana que vem vamos ter o Rally Ecológico, oportunidade em que estaremos distribuindo e plantando cerca de mil mudas, na sexta e sábado (29 e 30 de março), no Coxipó do Ouro. Na sexta os alunos de uma escola vão fazer o plantio e, no sábado, será a vez dos pilotos inscritos nesse rally”, explicou.

Nesta manhã, além da EMEB 12 de Outubro, também houve a distribuição e plantio de árvores nativas na Escola Nossa Senhora da Penha de França, na comunidade do Coxipó do Ouro.

Dia Mundial da Água – No dia 22 de março de 1992, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Mundial da Água. A data é um esforço da comunidade internacional para colocar em pauta questões essenciais que envolvem os recursos hídricos.

Redação cuiabahoje

Por; Lígia Saito