No dia 28 de maio acontece a abertura da Semana Estadual da Importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea, conforme a Lei nº 9.807/12, o evento é realizado todos os anos na última semana do mês de maio.

De acordo com o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, autor da lei, a programação ocorre desde 2015, e nos últimos dois anos houve uma pequena mudança no formato que passou a atender o público-alvo ligado às áreas da saúde.

“Primeiramente quero lembrar que a campanha ocorre todos os anos graças ao comprometimento do MT-Hemocentro e do apoio do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o que é imprescindível para que as atividades de conscientização ocorram. Este ano, o III Encontro está com uma proposta focada para a classe ligada à saúde, o que não exclui a participação da população, muito pelo contrário, é uma maneira de aprendermos um pouco mais sobre a importância dos cadastros de medula óssea consciente”, explicou o parlamentar.

Do núcleo de palestras estão confirmados: Dr. Luis Fernando da Silva Bouzas– RJ, idealizador do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) no Brasil, com a conferência “Transplante de medula óssea, indicações e seleção de doadores”; Dr. Luiz Guilherme Darrigo Junior, de Ribeirão Preto (SP), especialista em transplante de medula óssea pediátrico, com a conferência “Avanços e Desafios no Transplante de Medula Óssea Pediátrico”, e a Drª Danielli Cristina Muniz de Oliveira, responsável pelo Inca-RJ, com o tema “Redome 50 anos, você também pode contar esta história”.

No link  para as inscrições https://forms.gle/qzKodDTL9ATWpQFH7, os interessados também podem fazer as inscrições dos trabalhos, o número de vagas é limitado.

 

 

Redação cuiabahoje/ Foto; Reprodução