Dois homens acusados de estelionato praticado pela Internet foram presos em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na tarde desta sexta-feira (22.03), em trabalho realizado pelos policiais da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema). Para aplicar o golpe, os suspeitos teriam usado o nome de um sargento do Estado do Mato Grosso do Sul.

Os suspeitos J.P.B.C., 21, e J.L.A.R., 45, simularam depósito bancário para mediante fraude adquirir o aparelho celular da vítima e após serem descobertos foram encaminhados a Central de Flagrante de Cuiabá.

As investigações iniciaram após a vítima procurar os policiais da Dema e relatar que anunciou um Iphone 7 de 256 GB, em um site de vendas na internet. Depois que entregou o aparelho para o comprador no lugar combinado, verificou que a transferência bancária não foi efetivada e que teria caído em um golpe.

Com base em informações passadas pela vítima, os policiais identificaram o suspeito, que durante a negociação do produto se fez passar por um sargento da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, dizendo que quem buscaria o aparelho celular seria outra pessoa.

De acordo com investigações da Polícia Civil, os suspeitos usam o perfil de sites da internet para aplicar golpes e esta não é a primeira vez que o nome do sargento é utilizado para tal finalidade. Durante o trabalho investigativo, foram identificados outros seis registros de ocorrências semelhantes que podem ter sido praticadas pela mesma dupla.

A Polícia Civil ressalta que este tipo golpe, utilizando sites da internet, tanto perfil pessoal como sites de venda, tem se tornado muito comum, exigindo atenção redobrada da população. Da Assessoria