Na última quinta-feira (5/9), foi firmado acordo para destinar R$ 1 bilhão para os incêndios florestais da Amazônia e outro R$ 1,6 bilhão para a educação. O montante faz parte do dinheiro recuperado pela operação “lava jato” com a Petrobras.

Assinam o documento a Advocacia-Geral da União, Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Procuradoria-Geral da República, Câmara dos Deputados e Senado Federal. A homologação ficará a cargo do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Clique aqui para ler o documento.
ADPF 568
Rcl 33.667