15/02/2018 – A mãe de um paciente internado no Pronto Socorro de Várzea Grande com sintomas de dengue e que segundo a mãe o seu filho está com  plaquetas muito abaixo do normal e inspira cuidados, pois segundo ela a criança corre risco de vida.

A mãe indignada  gravou um vídeo para mostrar a situação de abandono em que se encontra a ala de pediatria do Pronto Socorro que além da péssima estrutura física baratas passeiam tranquilamente pelas macas dos pacientes.

As baratas são consideradas insetos nojentos pela maioria da população pelo fato de elas viverem em esgotos e locais contaminados.

Nas  patas das baratas existem milhares de microrganismo que poderão contaminar tanto alimentos, quantos objetos pessoais, alem de, transmitir várias doenças.

O vídeo mostra a situação de abando em que se encontra a saúde pública de Várzea Grande e o descaso dos gestores para com a população várzea-grandense.

veja o vídeo: