28/02/2017 – Em 2015, a Assembleia devolveu cerca de R$ 50 milhões, o que resultou na compra de 150 ambulâncias para as prefeituras de Mato Grosso, entregues há poucos meses. Em 2016, foram devolvidos cerca de R$ 45 milhões, também destinados à saúde pública, nos municípios.

Segundo o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso vai devolver dinheiro, em 2017, para o Poder Executivo investir na saúde ou no social. O compromisso foi anunciado pelo próprio presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), após reunião com o governador José Pedro Taques (PSDB).

Enquanto isso alguns veiculos de comunicação em Mato Grosso, que ficaram sem receber midias veiculadas do ano passado 2016, principalmente de Cuiabá, como site e jornal impresso do advogado, site Cuiabá hoje e vários outros do interior também que estão sendo empurrados de barriga no setor financeiro da Assembleia Legislativa,dizendo que será hoje a semana que vem e assim vão empurrando, estão está faltando transparências as contas,

Segundo alguns colegas da imprensa e propietários que ainda não querem que divulgue seus nomes na midia, estão de saco cheio,porque a diretoria só autorizou pagamentos de algumas emissoras de rádio e televisão, ditas “grande” da imprensa as que alguns deputados tem prívilégios em materias veiculadas, esses sim estão recebendo em dia.

Então esta faltando transparência da diretoria desta casa de Leis, por que alguns veiculos de comunicação  vem amargando a falta de pagamento de midias, autorizadas via agência e repassadas com PI datadas ” de maio a outubro de 2016 “a alguns jornais e site que emitiram notas fiscais e pagaram seus impostos,cuja as cópias se encontram nas agência de publicidades e nos departamentos financeiros das empresas,  pagas religiosamente, e até a data de hoje (28/02) nada entrou nos caixas das mesmas.

Estas veiculações foram exibadas nos destintos sites e jornais de Mato Grosso no ano passado na gestão do então presidente Guilherme Maluf (PSDB) e o primeiro secretário deputado Ondanir Bortolini (PSD) Nininho, que foi procurado por alguns jornalista antes de deixar o cargo da primeira secretaria,o mesmo disse que já tinha tomado todas as providencias para o pagamento das mesmas e que ninguém iria ficar sem receber o que a Assembleia devia de fato documentado via agências credenciadas,afirmou.

Deixamos bem claro que os veiculos de comunicação não são contra a devolução de recursos excedentes para o governo, na ajuda  do desenvolvimento do estado, ao contrario, se esta sobrando recursos, nada mais justo que ajudar o governador Pedro Taques (PSDB) a sanar os problemas do estado nas áreas de saúde ,educação e infraestrutura “alias o governador Pedro Taque e todo seus secretários vem tirando de letra tudo isso”, porque os estados brasileiros vem enfrentando uma crise com falta de recurso.

Nos como proprietários de veiculos de imprensa  com créditos a receber, esperamos que o presidente da Assembleia Legislativa deputado Eduardo Botelho (PSD) e o primeiro secretario Deputado Maluf (PSDB) se  sensibilize com a situação e autorize o pagamento das NF antes que tudo isso possa atrapalhar nas aprovação das contas no TCE da gestão passada.

 

Da Redação cuiabahj