Uma operação deflagrada pela Polícia Judiciária Civil de Juína (735 km a Nordeste), na terça-feira (20.03), com objetivo de dar cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra o autor de uma tentativa de homicídio, resultou na prisão em flagrante de quatro pessoas acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas no município. Na ação, foram apreendidas drogas, arma de fogo, munições, além de outros objetos de origem ilícita.

Os suspeitos Deriki Loran dos Santos Reis (que estava com mandado de prisão em aberto), Alexandre Garcia, 29, Ana Paula dos Santos, 31, Gilberto dos Santos Silva, 37, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

A ação visava dar cumprimento a ordem de prisão preventiva contra Deriki identificado em investigações da Delegacia de Juína como o executor de uma tentativa de homicídio, ocorrida no mês de fevereiro, contra a vítima J.A.S. no município.

Nas investigações, coordenadas pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi quatro pessoas tiveram participação identificada no crime, sendo o mandante, o executor e dois suspeitos de planejar o crime. Os suspeitos tiveram os mandados de prisão preventiva representados pelo delegado e deferidos pela Justiça.

A prisão de Derik ocorreu após os policiais da Delegacia de Juína receberem denúncias de que o suspeito teria chegado recentemente da cidade de Brasnorte, em posse de entorpecentes e uma arma de fogo, tipo pistola. Segundo as informações, o suspeito na companhia do comparsa Alexandre usariam duas motocicletas (uma Honda Brós e uma CG Titan) e um veículo Volkswagem Gol, para fazer a distribuição entorpecentes na cidade.

Com base na denúncia, os policiais foram até a residência do suspeito que ao chegar em casa e perceber a presença da equipe policial, tentou empreender fuga junto a seu comparsa Alexandre, na motocicleta CG Titan. A equipe de investigadores realizou o acompanhamento dos suspeitos que foram detidos há poucos metros da residência.

Em buscas na casa do suspeito, os policiais apreenderam várias porções de entorpecentes entre maconha, cocaína e pasta base, além de uma pistola e um carregador com 27 munições calibre .40, balança de precisão e outros objetos de origem ilícita. Em checagem, foi verificado que a pistola apreendida é produto de roubo ocorrido em Juína.

Diante da situação, todos os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Juína, onde após serem interrogados o flagrante foi lavrado pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi. Com infomações Assessoria PJC.

 

 

Redação cuiabahoje